Loja Contatos Agenda Instrumentos Multimídia Discografia Biografia Home Notícias & Blog English

XAKOL / Saulo Castilho

BANDA:

Rafael Azevedo – guitarra
André Freitas – guitarra
Gil Lima – bateria
Daniel Schlemper – teclado
Thiago Moser – baixo

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS:

Ivan Beretta – teclado e produção do primeiro álbum
Edu Falaschi (Almah, ex-Angra) – produção do segundo álbum
Detonator / Bruno Sutter (Massacration) – vocal na música “Metal for Demons”
Marcelo Moreira (Circle II Circle, ex-Almah) – bateria no segundo album
Mauro Borghezan – bateria no primeiro álbum
Rafael Pensado (Mindflow) – bateria na faixa 6 do segundo álbum

 

XAKOL / Saulo Castilho

Natural da cidade de Caçador, Santa Catarina, atualmente residindo em Florianópolis, Saulo Castilho já escrevia poesias aos 7 anos de idade e aos 14 encontrou na música uma nova dimensão para sua expressão artística, realizando suas primeiras composições musicais e praticando contrabaixo. Antes mesmo disso, com 13 anos, buscando um “nickname” para utilizar na internet, decidiu fugir dos clichês e combinações de palavras em inglês e, visando uma identidade própria através de uma palavra curta, única e sem um significado ou idioma definido, criou o pseudônimo XAKOL, que viria a se tornar a denominação de seu projeto solo.

No ano 2000, montou sua primeira banda, chegando a gravar uma demo caseira com 4 músicas, todas de sua autoria. Em 2002 mudou-se para Florianópolis e aos poucos foi descobrindo sua verdadeira paixão musical no metal melódico e no metal progressivo. Em 2005 foi um dos membros fundadores da banda Alpha Six, que conquistou popularidade local e atingiu seu auge em 2007, fazendo diversos shows pelo estado de Santa Catarina e gravando uma demo. Durante suas apresentações com essa banda, utilizava em algumas músicas e também fazia solos com um instrumento ao qual deu o nome de “Bassoura”, um contrabaixo de apenas uma corda montado sobre um corpo de vassoura. Porém, em 2008 saiu da banda, que se desfez logo em seguida, para concluir o curso de mestrado em matemática.

Como suas composições favoritas tinham letras muito pessoais e devido a frustrações com várias bandas que tentou formar, resolveu dedicar seus esforços musicais a um projeto solo e também decidiu que deveria cantar suas próprias músicas para transmitir suas emoções da maneira mais sincera possível e, para isso, estudou canto com o renomado professor Ariel Coelho, do qual também foi baixista em alguns projetos. No entanto, sua vida musical passou por um longo período de estagnação, resumindo-se a participações especiais em apresentações esporádicas.

Em 2013 resolveu retomar seu projeto solo com força total, contactando Edu Falaschi (Almah, ex-Angra) para produzir um de seus álbuns que se chamará “Chaos Lit A Soul”. Antes disto, lançará um debut CD com suas músicas mais antigas, que está sendo produzido por Ivan Beretta e cujo título será anunciado em breve. Ambos os álbuns serão disponibilizados no Brasil pela MS Metal Records, sendo o primeiro deles previsto para o início de 2016.

Suas músicas são a tradução da sua alma, a afirmação da sua identidade e espelho da sua personalidade, visando apenas sua expressão artística pessoal, não se preocupando em conquistar mercado ou agradar críticos. Apesar de fundamentadas no power metal e no metal progressivo, suas composições possuem natureza heterogênea, variando de melodias simples e pegajosas ao atonalismo gerado por algoritmos matemáticos, passando por inúmeras vertentes do metal e do rock.

Atualmente, além de ter seu projeto solo como XAKOL, também é vocalista da banda Thousand Suns e novamente baixista da banda Alpha Six que planeja seu retorno.